Estamos migrando o conteúdo dos antigos sites da Prefeitura. Se não encontrar o que está procurando, CLIQUE AQUI e acesse o site antigo.

VOLTAR para o site antigo.

BETA i

Comunicação

SMT inicia campanha “Volta às Aulas”

O objetivo é conscientizar pedestres e motoristas para a importância de se obedecer a legislação de trânsito

Publicado em: 03 de fevereiro de 2020 às 10:50 | última atualização: 03 de fevereiro de 2020 às 10:50

A Prefeitura de Goiânia, por meio da Secretaria Municipal de Trânsito, Transportes e Mobilidade (SMT), deu início, nesta segunda-feira, 03/02, à campanha volta às aulas, do primeiro semestre de 2020. O objetivo é conscientizar o pedestre sobre a importância do uso da faixa para travessias; conscientizar motoristas sobre a importância do uso do cinto e demais dispositivos de segurança; promover o respeito e o espírito de cordialidade entre os usuários das vias; conscientizar condutores para o cumprimento da legislação de trânsito, em especial, nos arredores das instituições de ensino; e quanto ao transporte escolar, lembrar aos pais sobre a importância de contratar serviços legalizados.

De acordo com o Secretário Municipal de Trânsito, Fernando Santana, a atividade, realizada pela Gerência de Educação da SMT, será levada às escolas com maior fluxo de veículos e visa promover ações que possam melhorar a qualidade e a segurança do trânsito no perímetro escolar.

As ações serão, prioritariamente, educativas. No entanto, em casos que couber ação de maior rigor da lei, o auto de infração será lavrado, como nos casos que comprometem a segurança, a exemplo de crianças transportadas fora do assento regulamentado, uso de aparelho de celular, estacionamento em esquinas, paradas em filas duplas, etc.

De acordo com a Secretaria Municipal de Educação, Goiânia tem hoje 366 unidades públicas de ensino (municipais) que atendem 105 mil alunos. E, segundo o Sindicato dos Estabelecimentos Particulares de Ensino (SEPE), são 110 escolas filiadas que atendem 22 mil estudantes e mais centenas de outras unidades, que não são filiadas, e atendem outros milhares de alunos. “Junto desse número de estudantes que volta a se deslocar em horários específicos, é preciso contabilizar uma frota de 1,3 milhões de veículos circulando pela capital. Todo esse movimento pede educação e muito respeito de todos e a SMT trabalha diuturnamente para promover a boa convivência entre motoristas, motociclistas, ciclistas e pedestres, e para garantir segurança e fluidez no trânsito”, comenta Fernando Santana. 

PRINCIPAIS INFRAÇÕES E PENALIDADES – VOLTA ÀS AULAS

Estacionar em desacordo com a regulamentação (transporte escolar) – Leve  -3 pontos-R$ 88,38

Estacionar sobre faixa destinada ao pedestre – Grave - 5 pontos - R$ 195,23

Estacionar impedindo a movimentação de outro veículo – Média - 4 pontos - R$ 130,16

Estacionar ao lado de outro veiculo, em fila dupla – Grave -5 pontos - R$ 195,23

Permitir passageiro SEM o cinto segurança – Grave - 5 pontos - R$ 195,23

Estacionar em esquinas-Média - 4 pontos - R$ 130,16

Estacionar no passeio-Grave - 5 pontos - R$ 195,23

Manusear aparelho celular na direção do veículo – Gravíssima - 7 pontos - R$ 293,47

Transportar criança sem a observância das normas de segurança estabelecidas pelo CBT-Gravíssima - 7 pontos - R$ 293,47

Veruska Narikawa, da editoria de Trânsito, Transportes e Mobilidade


Foto: Edilson Pelicano