Estamos migrando o conteúdo dos antigos sites da Prefeitura. Se não encontrar o que está procurando, CLIQUE AQUI e acesse o site antigo.

VOLTAR para o site antigo.

BETA i

Assistência Social

Reunião na Semas discute Redes Socioassistênciais, Educação e Conselho Tutelar

A partir de agora, encontro ocorrerão mensalmente com a participação profissionais responsáveis por diversas áreas públicas do município, no intuito de melhor articular os serviços da rede

Publicado em: 04 de fevereiro de 2020 às 15:04 | última atualização: 14 de fevereiro de 2020 às 15:38

Foi realizada na última quinta-feira (30/1), no auditório da Semas, a primeira reunião de articulação e apresentação do fluxograma de atendimento das Redes Socioassistênciais, Educação e Conselho Tutelar. A ação foi uma iniciativa da Semas, por meio da Gerência de Alta Complexidade, para promover o fortalecimento e apresentar o fluxograma dos procedimentos e a descrição do protocolo de atendimento e encaminhamentos para acolhimento na Rede de Proteção e discutir estratégias de trabalho para enfrentar e melhor atender as demandas envolvendo situações de vulnerabilidade social familiar de crianças, adolescentes, idosos, pessoas com deficiência e em situação de rua.

A elaboração e apresentação do fluxograma foram realizadas pela Gerência de Alta complexidade composta pela gerente, Isabel Cristina Ribeiro de Lima; coordenadora geral do Serviço de Acolhimento, Jéssika Aliny Nestor, e as técnicas em psicologia Kamila Pereira de Moura, Karina Mendonça Santos e Regiane Coelho dos Santos.

A partir de agora, as reuniões ocorrerão mensalmente com a participação profissionais responsáveis por diversas áreas públicas do município, no intuito de melhor articular os serviços e ,assim, agilizar a resolução de casos mais complexos.

As informações territorializadas sobre as situações de risco e vulnerabilidade que incidem sobre famílias e indivíduos foram alvo do debate entre os profissionais presentes à reunião. Além disso, cada segmento presente expôs os problemas enfrentados no seu âmbito de atuação, a fim de, em conjunto, buscar e construir soluções que vão ao encontro às necessidades da população e adequada oferta dos serviços públicos.

A visão de totalidade dos serviços de proteção, mediante articulação em rede, avaliando necessidades e ofertas, permite traçar ações e estratégias mais efetivas para prevenção e para redução de agravos e contribui para o planejamento, gestão e execução da política pública e dos serviços, fortalecendo, assim, a função de proteção de toda a rede de garantia de direitos.

Ao final de cada reunião, a ser realizada daqui para frente, encerradas as discussões e análises de casos, serão feitas deliberações e pactuados compromissos com os serviços envolvidos, tudo visando à consolidação de um modelo de atenção com ações dirigidas proativamente para assegurar a oferta e efetivar o acesso das famílias e indivíduos a serviços públicos relevantes.

O secretário Mizair Lemes Júnior enfatizou que esse era um anseio de toda a equipe e que essas reuniões proporcionarão maior interação entre os profissionais de toda a rede, resultando em maior agilidade nos encaminhamentos e execução dos projetos para prevenção de agravos, com atuação interdisciplinar.

Cézar Lima, da editoria de Assistência Social