Estamos migrando o conteúdo dos antigos sites da Prefeitura. Se não encontrar o que está procurando, CLIQUE AQUI e acesse o site antigo.

VOLTAR para o site antigo.

BETA i

Ciência e Tecnologia

Prefeitura promove projetos científicos para jovens

Objetivo é estimular alunos da rede municipal de ensino para as carreiras científicas, aprimorar o conhecimento dos professores e promover interação entre a comunidade e a ciência

Publicado em: 15 de outubro de 2019 às 11:18 | última atualização: 15 de outubro de 2019 às 11:18

A Prefeitura de Goiânia, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Trabalho, Ciência e Tecnologia (Sedetec) e da Secretaria Municipal de Educação e Esporte (SME), promove o Programa Ciência POP. A iniciativa visa aproximar a população - em especial os jovens - do campo científico. Três projetos integram o Ciência POP: Ciência Itinerante, Ciência em Todo Lugar, Makers e Com Ciência. A Universidade Federal de Goiás é parceira na execução.

Até o mês de setembro deste ano, o ‘Ciência Itinerante’ percorreu 20 escolas públicas de 7 regiões diferentes, contou com 115 voluntários e promoveu conhecimento para 8 mil alunos. Já o ‘Ciência em Todo Lugar’ apresentou 3 edições, contando com 590 voluntários e 2.540 participantes do público em geral. O Makers, até agora, já passou por 14 escolas, com 11 voluntários, alcançando o público de 32 professores e mais de 7 mil alunos.

O propósito da ação é estimular alunos da rede municipal de ensino para as carreiras científicas, aprimorar o conhecimento dos professores e promover a interação entre a comunidade e o campo científico. Para o prefeito Iris Rezende, iniciativas como essa reafirmam o compromisso da gestão com o futuro da cidade: “Experimentamos uma evolução significativa na área da tecnologia e precisamos utilizar isso em prol da nossa população. É nosso dever incentivar os jovens a se tornarem produtivos viabilizando educação de qualidade, formação adequada, para que possam buscar um futuro promissor’’, afirma.

De acordo com o secretário da Sedetec, Celso Camilo, a ciência é necessária à população: “A ciência e a tecnologia são partes essenciais do mundo de hoje. Por isso, iniciativas como o Programa Ciência POP são fundamentais para o desenvolvimento da população. Entendemos que promover a educação científica é investir em um futuro próximo, onde os jovens serão os protagonistas.”

O secretário de Educação, Marcelo Ferreira da Costa, destaca a importância de programas como esse para a área: “Esse projeto reforça a necessidade de apoio e desenvolvimento do pensamento científico dentro das escolas. Estamos promovendo interação entre o ensino superior e a educação básica com a intenção de despertar o interesse dos alunos e estimular o ensino incentivando ações dos professores no campo científico.” 

Projetos

O ‘Ciência Itinerante’ percorre escolas da rede municipal promovendo o contato das crianças com experimentos científicos. Equipes da UFG montam laboratórios nas instituições durante um período do dia e apresentam, de forma criativa e lúdica, experiências científicas aos alunos. 

Para aprimorar o conhecimento dos professores sobre no campo da ciência, é desenvolvido também o ‘Projeto Com Ciência’. Nele, cientistas da UFG compartilham conhecimento com os professores da educação básica para que estes apliquem as experiências em sala de aula. 

Já o ‘Projeto Makers’ foca em robótica criativa. Com esse programa os alunos têm acesso direto a essa tecnologia atual. A ideia é desenvolver conhecimentos básicos de mecânica, cinemática, hidráulica, informática e inteligência artificial por meio de atividades pedagógicas.

Também integra o time do ‘Ciência Pop’ o ‘Projeto Ciência em Todo Lugar’, que visita áreas públicas da cidade como praças, parques, feiras e terminais de ônibus. Os laboratórios são expostos ao público em geral que pode interagir com os experimentos científicos. 

Anna Carolina Cruz, da Diretoria de Jornalismo. 

Fotos: Anna Carolina Cruz