Estamos migrando o conteúdo dos antigos sites da Prefeitura. Se não encontrar o que está procurando, CLIQUE AQUI e acesse o site antigo.

VOLTAR para o site antigo.

BETA i

Planejamento Urbano

Prefeitura prepara a instalação de novas câmeras de monitoramento

Rua do Lazer, Praça do Trabalhador e Região da 44, no Setor Norte Ferroviário, receberão equipamentos de videomonitoramento nos próximos 60 dias. Outras câmeras devem ser instaladas em vários pontos da capital até o final do ano

Publicado em: 16 de outubro de 2019 às 11:19 | última atualização: 16 de outubro de 2019 às 11:19

Nos próximos 60 dias, Goiânia ganhará 55 novas câmeras de monitoramento em vários pontos da cidade. Os equipamentos serão instalados pela prefeitura, por meio de parceria com a empresa DT Brasil, que doará os equipamentos ao município como contrapartida pela utilização de espaços públicos para o funcionamento de infraestrutura de Estação Rádio Base (ERB) na capital.

A Rua 8, conhecida como Rua do Lazer, localizada no Setor Central, será o primeiro espaço a receber os novos equipamentos de monitoramento. A via, que está em processo de revitalização pela Prefeitura de Goiânia, será inaugurada no próximo sábado, 19/10, pelo prefeito Iris Rezende, e deverá receber quatro câmeras.

“A nossa ideia é fazer com que a Rua do Lazer seja realmente utilizada pela população como espaço de convivência e que, a curto espaço de tempo, possa se tornar um espaço que funcione 24 horas. Para isso, é preciso que a segurança do local e das pessoas que ali frequentam sejam garantidas e o monitoramento 24 horas por câmera, além de outras medidas que serão adotadas pela gestão municipal, contribuirá para isso”, afirma o secretário de Planejamento Urbano e Habitação, Henrique Alves.

A Praça do Trabalhador e a região da 44, no Setor Norte Ferroviário, que está em processo final de obras, também receberão câmeras. As novos equipamentos que serão instalados apresentam uma novidade: todos possuem um sistema chamado Internet of Things (IOT), que são sensores que coletam informações técnicas, como por exemplo, de qualidade do ar e temperatura, que subsidiarão em estudos e ações nas mais diversas áreas da administração municipal.

Além das 55 câmeras que a capital ganhará nos próximos 60 dias, outras 150 devem ser instaladas pela Prefeitura de Goiânia em toda a cidade até o final do ano. “A ideia é que vários pontos sejam monitorados por esse sistema de câmeras, o que trará maior segurança à população e permitirá que a gestão também possa monitorar a cidade para que ações que necessitem de providências urgentes sejam tomadas em tempo hábil”, afirma Henrique Alves.

Willian Assunção, editoria de Planejamento Urbano e Habitação