Estamos migrando o conteúdo dos antigos sites da Prefeitura. Se não encontrar o que está procurando, CLIQUE AQUI e acesse o site antigo.

VOLTAR para o site antigo.

BETA i

Infraestrutura

Prefeitura garante mutirão de obras em Goiânia

Empréstimo aprovado na Câmara Municipal nesta terça-feira (22/10) prevê a liberação de R$ 815 milhões, que serão usados em intervenções por toda a cidade

Publicado em: 22 de outubro de 2019 às 16:53 | última atualização: 22 de outubro de 2019 às 16:53

Necessários para mudar completamente o espaço urbano de Goiânia, os empréstimos junto à Caixa Econômica Federal foram aprovados por unanimidade entre os vereadores na Câmara Municipal, garantindo, assim, a realização de obras importantes para a cidade.

Foram dois empréstimos, um de R$ 780 milhões e outro de R$ 35 milhões, e devem ficar disponíveis no máximo em 20 dias para serem aplicados em obras na capital. A prefeitura terá ainda um prazo de 20 meses para começar a pagar e 10 anos para quitar a dívida. Só a mudança de banco, de Banco Andino para Caixa, trouxe economia de R$ 178 milhões na redução de juros contratuais.

O dinheiro movimentará as intervenções urbanas, como a continuação da Leste-Oeste, a revitalização da Praça do Trabalhador, a construção dos viadutos da Jamel Cecílio, da BR-153, no Jardim Novo Mundo, e da ponte da Vila Alpes, e dará início ao recapeamento de 630 km de vias, de construção de duas praças de esporte e cultura, além da pavimentação de seis bairros.

Uma das ações de maior impacto urbano será a recuperação asfáltica de 600 trechos de ruas e avenidas onde o asfalto está mais velho e deteriorado. Foram escolhidos os 107 bairros mais antigos, 628 vias com maior adensamento urbano que terão 627 quilômetros de asfalto restaurados até o final de 2020, com um custo de R$ 400 milhões, maior montante dos recursos disponibilizados. Além da recuperação do asfalto, as vias deverão ser revitalizadas com nova sinalização e obras de drenagem urbana, o que vai melhorar significamente a infraestrutura urbana do município.

O prefeito Iris Rezende destaca que todas as obras em andamento e as que serão iniciadas serão concluídas até o final do mandato, em 2020. “ São ações de mobilidade urbana que vão trazer grande impacto na vida das pessoas. Uma nova cidade irá surgir, Goiânia será preparada para o futuro, com obras viárias que já eram necessárias há um bom tempo”, comenta.

Os bairros contemplados com obras de pavimentação são: Residencial Antônio Barbosa, Della Pena, Paulo Pacheco I e II, Park Solar, London Park e Monte Pascoal. E as duas praças de Esporte e Cultura ficam no Buena Vista IV e no Jardim Cerrado I.

Os empréstimos garantem também a conclusão do trecho de obras da avenida Leste Oeste até 2020, que já está em ritmo acelerado, e a continuação da via, passando pelo estacionamento da Câmara e Praça do Trabalhador, seguindo até a BR-153, sentido leste, num trecho de 8km de extensão até a divisa com o município de Senador Canedo. A praça do Trabalhador também deve ter sua requalificação finalizada com um novo espaço para as feiras, prédio administrativo e piso tátil adequado e com maior permeabilidade do solo.

Outros R$ 50 milhões vão para aquisição de caminhões para o recolhimento de lixo e outros R$ 150 milhões para a implantação da smart city, sistema de modernização com rede elétrica inteligente e interligação de plataformas virtuais da Prefeitura, o que trará uma economia de gastos públicos, otimização dos recursos e tempo para os cidadãos.

Luciano Joka, da Diretoria de Jornalismo