Estamos migrando o conteúdo dos antigos sites da Prefeitura. Se não encontrar o que está procurando, CLIQUE AQUI e acesse o site antigo.

VOLTAR para o site antigo.

BETA i

Infraestrutura

Prefeitura garante acesso a lojas da Avenida Jamel Cecílio

Comerciantes afirmam que lojas seguem funcionando normalmente e população está se adequando às intervenções provocadas pelas obras do complexo viário

Publicado em: 17 de setembro de 2019 às 15:49 | última atualização: 17 de setembro de 2019 às 15:49

População e comerciantes que trafegam ou trabalham na Avenida Jamel Cecílio já começam a se habituar com a nova rotina provocada pela construção de um complexo viário no cruzamento com a Marginal Botafogo. O trânsito está interditado e, desde a semana passada, a Prefeitura de Goiânia divulga os desvios necessários para transitar pelo local. O acesso às lojas da região está garantido. Nos locais onde não há possibilidade de passarem veículos, a administração municipal instalou tapumes para dar acesso aos pedestres.

Rodrigo Jesuíno, gestor de uma loja de informática próxima do local, afirma que “o acesso à loja está fluindo normalmente”. “Tem todos os retornos e todas as saídas para que clientes possam realizar compras com naturalidade”, diz. Para o comerciante, é normal a adequação no primeiro dia de interdição, na segunda-feira (16/9), e a partir desta terça-feira (17/9) já houve adequação dos usuários da via e dos clientes. 

“Entendemos que no primeiro dia houve alguma confusão pois as pessoas ainda não estavam acostumadas, mas a partir de hoje (17/9) o fluxo já está normal, sendo interditada somente a parte que passa pela Marginal Botafogo”, afirma Rodrigo Jesuíno. Maria Aparecida, funcionária da empresa, afirma que o acesso ao local ficou mais tranquilo devido à interdição. 

Estacionamento

Um dos engenheiros da obra, Leandro Bruno afirma que, devido à intervenção na via, tomou-se o cuidado de garantir o acesso a pedestres e o estacionamento de veículos nas vias próximas: “Fizemos a implantação de tapume para permitir passagem de pedestres para acesso a lojas que integram a área interditada e há vias de acesso local que vão permitir o estacionamento de veículos.”

O operário Geraldo Henrique, que trabalha na construção do Complexo Viário Jamel Cecílio, destaca que, além de trazer melhorias ao trânsito quando estiver concluído, o conjunto obras (viaduto, trincheira e vias de acesso) também traz geração de emprego e renda. “Essa obra vai gerar bastante emprego e trazer muitos benefícios para Goiânia”, afirma Geraldo Henrique. 

Em atendimento ao pedido de lojistas instalados na Jamel Cecílio entre Marginal Botafogo e a Rua PL 09, o trânsito no local permanece aberto até o dia 28. Após esta data seguirá aberto o acesso para pedestres.

A Secretaria Municipal de Trânsito (SMT) trabalha na identificação de pontos em que há necessidade de adequações. Um exemplo é a decisão de instalar um semáforo no cruzamento da Avenida E com a Rua 61, no Jardim Goiás. Outras intervenções estão em estudo para garantir melhor fluidez do tráfego nas regiões afetadas pelas obras e pelos desvios.

A obra

A construção do complexo está orçada em mais de R$ 26 milhões e tem conclusão estimada em 15 meses. Serão construídos um elevado na Avenida Jamel Cecílio, permitindo o trânsito direto onde antes havia semáforos; uma trincheira na Marginal Botafogo; e via de acesso em nível térreo para a Avenida Leopoldo de Bulhões.

O prefeito Iris Rezende lançou a obra na última sexta-feira (13/9) como uma grande intervenção para melhorar o tráfego de veículos na região sul da capital, onde houve grande adensamento nos últimos anos. O local receberá ainda uma estrutura metálica simbolizando uma mão tocando as cordas de um violão (representado pelo elevado na Jamel Cecílio).

Pedro Palazzo, da Diretoria de Jornalismo

Foto: Jackson Rodrigues