Estamos migrando o conteúdo dos antigos sites da Prefeitura. Se não encontrar o que está procurando, CLIQUE AQUI e acesse o site antigo.

VOLTAR para o site antigo.

BETA i

Meio Ambiente

Plantio no Bosque dos Buritis celebra o Dia da Árvore

Evento ocorreu nesta sexta-feira (20/9) e também fez menção ao Dia Nacional da Luta da Pessoa com Deficiência. Atividade contou com a parceria da Agência Municipal do Meio Ambiente e Assembleia Legislativa do Estado do Goiás

Publicado em: 23 de setembro de 2019 às 09:45 | última atualização: 23 de setembro de 2019 às 10:12

Uma série de atividades no Bosque dos Buritis, localizado no setor Oeste, marcou a comemoração do Dia da Árvore e do Dia Nacional da Luta da Pessoa com Deficiência, ambos celebrados no dia 21 de setembro. A ação ocorreu nesta sexta-feira (20/9) por intermédio de uma parceria entre a Agência Municipal do Meio Ambiente (Amma) e a Assembleia Legislativa do Estado de Goiás (Alego) e contou com a participação de pessoas atendias pela Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae), da Vila São Cottolengo, servidores da Amma da e Alego, além dos frequentadores do bosque.

Na abertura da ação, o presidente da Amma, Gilberto Marques Neto, lembrou que Goiânia é a cidade que mais possui árvores por habitantes em vias públicas. “Estamos experimentando nos últimos anos uma mudança de hábitos quando o assunto é arborização urbana”, afirmou o gestor.

Gilberto acrescentou ainda que a capital goiana conta com mais de 200 áreas verdes e que o grande número de árvores da cidade é considerado com um ar-condicionado natural. “Elas trazem inúmeros benefícios, inclusive relacionados à saúde pública. Elas funcionam como uma barreira mecânica e ajuda a reter partículas poluentes que estão suspensas no ar’’, explicou.

Já o presidente da Alego, Lissauer Vieira, disse que a Casa está sempre de portas abertas para poder realizar eventos que trabalhem em prol da sociedade e da inclusão. ‘‘É de fundamental importância que os deputados e servidores do Poder Legislativo se aproximem cada vez mais de projetos que visem a inclusão social. Nosso papel é esse e vocês vão ter sempre as portas abertas na Alego’’, disse o presidente aos participantes do evento.

Para o especialista em Direitos Humanos e Inclusão e vice-presidente Comissão de Defesa dos Direitos das Pessoas com Deficiência (CDPCD), William Veloso de Carvalho, o Dia da Luta da Pessoa com Deficiência não foi escolhido na mesma data do Dia da Árvore por acaso, pois, conforme ele, é o dia que começa a estação da primavera e simboliza a florada de discussões de novas leis e ideias no que diz respeito ao assunto.

Além de apresentações culturais fazendo alusão à preservação e plantio de árvores, os participantes do evento fizeram a proteção nos três exemplares arbóreos centenários existentes na unidade de conservação, que são: um jatobá, garapa e guapeva. Logo em seguida, por intermédio de uma oficina, os participantes da atividade colheram sementes de árvores nativas do Cerrado e no parque mesmo realizaram o plantio do material colhido com o apoio dos técnicos de gestão ambiental da Amma.

Complementando a ação, servidores do órgão promoveram atividades de conscientização ambiental com as crianças participantes no Ecomóvel, um ônibus especialmente equipado para a realização de atividades de educação ambiental, que já atendeu mais de 50 mil pessoas. Ainda esteve disponível à população o Programa Plante a Vida, que visa manter a arborização da Capital, por intermédio do plantio voluntário promovido pelos moradores.

Mauro Júnio, da editoria de Meio Ambiente, com informações da assessoria da Alego