Estamos migrando o conteúdo dos antigos sites da Prefeitura. Se não encontrar o que está procurando, CLIQUE AQUI e acesse o site antigo.

VOLTAR para o site antigo.

BETA i

Cultura

Ópera de produção regional abre aniversário de Goiânia

Orquestra e Coro Sinfônico se preparam para apresentação inédita nos dias 1 e 2 de outubro, no Teatro Goiânia

Publicado em: 16 de setembro de 2019 às 14:39 | última atualização: 17 de setembro de 2019 às 14:35

A Orquestra e o Coro Sinfônico de Goiânia já iniciaram os ensaios para a apresentação “A décima quarta estação”, a primeira ópera de produção goiana, do escritor Miguel Jorge, que marca a abertura das comemorações do aniversário de Goiânia, nos dias 1 e 2 de outubro no Teatro Goiânia, às 20h. Os ingressos tem o valor único e promocional de R$ 20.

Cerca de 90 pessoas estão envolvidas no elenco do espetáculo produzido pela produtora cultural Laila Santoro, com direção cênica de Jonathas Tavares e regência do maestro Eliseu Ferreira. “É uma grande oportunidade para a cultura de um modo geral o fato de estar participando do aniversário de Goiânia e fazendo uma obra inédita verdadeiramente goiana. É interessante o fato de ser uma obra contemporânea, pois Goiânia é uma cidade muito jovem, e nossa ópera tem uma linguagem bastante contemporânea. Então, é uma obra que acompanha o estilo e o clima da cidade, meio que de vanguarda. É uma ópera baseada em um conto, uma história verídica, com uma tradução poética, linguajar, música”, afirma Jonas.

Para Alex Amaral, assistente de direção, produção e ator na ópera, uma maravilha marcar a história da música clássica em Goiânia. “Uma honra maior ainda abrir as celebrações do aniversário da nossa cidade, a convite do secretário Kleber Adorno e do prefeito Iris Rezende. Tudo está sendo feito com muito carinho e muito trabalho. Realmente não é fácil, mas é muito gratificante ver o resultado no palco. Tudo feito aqui em Goiás, figurino, cenário, então para nós é realmente uma grande satisfação profissional e pessoal participar desta comemoração”, ressalta.

A ópera conta uma história verídica que se passou em Catalão (GO) com um farmacêutico acusado de cometer um crime. “Foi escrita há mais de dez anos e agora vamos reproduzir em ópera, com músicas clássicas universais com influencias regionais, relatando tradições goianas como os antigos coronéis. Tenho certeza que será um marco na cultura de Goiás. É muita gente trabalhando e dando o seu melhor. Será uma experiência estética bacana para quem for prestigiar”, pontua o maestro Eliseu.

Serviço
Assunto: Primeira ópera de produção regional abre comemorações do aniversário de Goiânia
Local: Teatro Goiânia, Centro
Data: 1º e 2 de outubro
Hora: 20h
Contato: Assessoria de Comunicação – Secult

Lívia Máximo, editoria de Cultura