Estamos migrando o conteúdo dos antigos sites da Prefeitura. Se não encontrar o que está procurando, CLIQUE AQUI e acesse o site antigo.

VOLTAR para o site antigo.

BETA i

Infraestrutura

Obras de pavimentação dos setores Shangri-lá e Paulo Pacheco I e II avançam

Os três setores integram a relação dos 34 bairros que a Prefeitura irá asfaltar até o final desta gestão, em dezembro de 2020

Publicado em: 21 de outubro de 2019 às 13:16 | última atualização: 21 de outubro de 2019 às 13:16

Cumprindo o compromisso de asfaltar 34 bairros até o final da gestão, a Prefeitura de Goiânia está com frentes de serviços de pavimentação em 15 setores, entre eles, o Residencial Shangri-lá e o Residencial Paulo Pacheco I e II.

As obras lançadas no início deste mês serão executadas com recursos do próprio Município. Estão sendo investidos R$ 8.194.456,59 nas frentes de serviço. Os três bairros recebem simultaneamente os serviços de terraplanagem e implantação de galerias de águas pluviais, obras que antecedem a pavimentação.

O Residencial Shangri-lá, localizado na região Norte, já conta com aproximadamente 20% das obras de implantação de galerias de águas pluviais concluídas. Conforme o projeto, será construída no bairro 2.364,64 m de rede de drenagem, com tubulações que variam de 40 cm a 1,60 m de diâmetro. Complementando a rede, serão implantadas 176 bocas de lobo e 37 poços de visita.

As 11 ruas do setor serão asfaltadas, o que corresponde a 42.433,76 m² de área a receber os benefícios. A pavimentação com toda a infraestrutura foi licitada pelo valor de R$ 6.201.304,91 e deverá ser concluída em março do próximo ano.

O trabalho das máquinas nas ruas do Residencial Shangri-lá devolveu a esperança aos moradores, como o Elson Vieira Ramos. Ele explica que por muitos anos esperou pelo início das obras. "Espero por esse benefício desde quando vim para cá. Acredito que dessa vez o asfalto vai sair. Para nós que vivemos na periferia, a chegada do asfalto é um benefício muito valoroso", afirma.

Residencial Paulo Pacheco

Na região Noroeste também há bairros sendo asfaltados. São os residenciais Paulo Pacheco I e Paulo Pacheco II, que também receberão toda a infraestrutura que acompanha a pavimentação, como a rede de drenagem de 1.240 m e 88 dispositivos de captação de água da chuva (boca de lobo) e 22 poços de visitas (PV). Serão beneficiadas todas as 22 ruas do setor, numa área de 19.487,76 m².

Além da drenagem e a pavimentação, o projeto prevê a construção de meios-fios e sarjetas. As obras foram orçadas em R$ 1.993.151,68 e a previsão é de concluir num prazo de 120 dias.

Para o comerciante Emerson Gonçalves, morador do Residencial Paulo Pacheco há quatro anos, a pavimentação asfáltica é sinônimo de dignidade. "Sempre acreditei na gestão do prefeito Iris. Eu tinha certeza de que durante a sua administração nossa região seria por ele lembrada. O asfalto trará os benefícios da valorização dos nossos imóveis e consequentemente vai gerar conforto e melhorar a saúde da nossa comunidade", comemorou.

O secretário municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos, Dolzonan da Cunha Mattos, reafirma o compromisso do prefeito Iris Rezende de pavimentar os 34 bairros até o final de 2020: “Da lista de 34 bairros já estamos com frente de serviços em 15. Esperamos lançar mais três ainda este mês, concluir as licitações que estão em andamento e lançar as outras que faltam ainda este ano. Nosso compromisso está mantido e será cumprido até dezembro de 2020, com o final da gestão do nosso prefeito Iris Rezende”, afirma o secretário.

Guilhermino Vieira, da editoria de infraestrutura