Estamos migrando o conteúdo dos antigos sites da Prefeitura. Se não encontrar o que está procurando, CLIQUE AQUI e acesse o site antigo.

VOLTAR para o site antigo.

BETA i

Educação

Novos CMEIs vão abrir mais 10 mil vagas de educação infantil

Onze unidades terão obras retomadas e 25 novas já foram autorizadas para serem construídas até o final de 2020

Publicado em: 16 de outubro de 2019 às 11:24 | última atualização: 16 de outubro de 2019 às 11:46

O prefeito de Goiânia, Iris Rezende, assinou ordem de serviço, nesta quarta-feira (16/10), para a retomada das obras do CMEI Buena Vista III, na região Oeste de Goiânia. Parada desde 2015 devido a falência da antiga construtora, a obra já estava 90% concluída, faltando apenas reparos na rede elétrica, hidráulica, adequações quanto ao antigo projeto, reformulações no prédio, além da pintura e acabamento. O prazo de conclusão é de 60 dias.

A unidade no Residencial Buena Vista III atenderá até 160 crianças de seis meses a três anos, distribuídas em seis salas. “Estamos cumprindo as metas do Plano Nacional de Educação e até o final de 2020 ou início de 2021 teremos criado mais de 10 mil vagas na educação infantil. Das obras paradas vão surgir mais  2 mil vagas, outras 2 mil criadas com as salas modulares e mais de 6 mil com os 25 novos CMEISs autorizados pelo prefeito Iris Rezende”, destaca o secretário municipal de Educação, Marcelo Costa.

Sobre a expansão da rede com as novas instituições, o secretário explicou que foram abertos processos seletivos para contratação de professores e servidores administrativos. “Até o final do ano devemos abrir concurso para ir substituindo aos poucos os contratos e garantir a expansão da rede de educação”, ressalta. 

O prefeito Iris Rezende, comentou que assumiu a gestão com muitas obras paradas por falta de pagamento e que, em dois anos, cortou gastos e aumentou receitas para retomar mais cem delas. “Só tenho pouco mais de um ano para terminar tudo isso, então vamos construindo uma praça aqui e trabalhando em outros projetos para terminar todo eles. Os novos CMEIs serão construídos nos locais onde há demanda, de forma a acabar com déficit de vagas na educação infantil”, destaca. 

Dora Rodrigues, moradora do bairro, mãe da Rebeca, de 3 anos, e de Valentina, de 6, está ansiosa para que o CMEI entre em funcionamento. “Ele é muito aguardado pelos moradores que há mais de cinco anos. Muitos pais querem um lugar próximo de casa, onde possam deixar seus filhos”, conta.

Luciano Joka, da Diretoria de Jornalismo

Fotos: Jackson Rodrigues