Estamos migrando o conteúdo dos antigos sites da Prefeitura. Se não encontrar o que está procurando, CLIQUE AQUI e acesse o site antigo.

VOLTAR para o site antigo.

BETA i

Governo e Administração

Na Câmara, avanços na Saúde de Goiânia são reconhecidos

Números apresentados durante prestação de contas mostram que no último quadrimestre o município aplicou 19,83% de toda sua receita no setor; valor é acima do mínimo exigido pela Constituição Federal

Publicado em: 30 de setembro de 2019 às 17:41 | última atualização: 30 de setembro de 2019 às 17:41

O trabalho promovido pela Secretaria Municipal de Saúde de Goiânia (SMS) foi reconhecido pelos vereadores nesta segunda-feira (30/09), na Câmara Municipal, durante a prestação de contas do segundo quadrimestre de 2019. Os dados apresentados pelo prefeito Iris Rezende demonstraram que os recursos destinados para o setor atingiram a marca de 19,83% da receita do município. Entre os avanços da área, o prefeito citou a entrega dos centros de saúde do Residencial Itaipu e Novo Planalto, além da requalificação e ampliação dos serviços do Cais Novo Mundo, que está sendo transformado em uma UPA 24 horas.

Aos parlamentares, Iris Rezende afirmou que os investimentos da área estão bem acima do mínimo constitucional de 15% e pontuou os avanços dos últimos meses. "A prioridade foi, sem dúvida, garantir mais recursos humanos para fazer frente à demanda crescente”, disse. Ao todo, a Prefeitura de Goiânia contratou 147 médicos e 95 técnicos de enfermagem. "Além disso, todos os editais de chamamento para credenciamento continuam abertos com remuneração mensal justa, uma das melhores do Brasil”, completou.

Durante a prestação, o vereador Felisberto Tavares destacou o cumprimento do pagamento das emendas impositivas, fundamentais para a reforma do Cais Novo Mundo, que reabriu as portas neste fim de semana, durante o Mutirão do Conjunto Riviera e região. Entre os serviços que foram ampliados estão o de saúde bucal e de exames. "Apesar do município atender pacientes vindos de cidades do interior, a assistência médica na capital está avançando progressivamente", disse.

Em seguida, o presidente da Câmara, vereador Romário Policarpo, reconheceu o trabalho desenvolvido pela secretária Fátima Mrué, que comandou a troca de sistema para a autorização de exames na rede pública e está atuando para entregar, em breve, a Maternidade Oeste, uma das maiores do país e que será referência em assistência materno-infantil no Centro-Oeste. "A saúde de Goiânia está entrando nos eixos. O trabalho que ela faz não é político, é técnico, e está trazendo resultados que podemos ver", reiterou.

Na oportunidade, o prefeito antecipou que os Cais Chácara do Governador e Guanabara serão reformados e que a SMS está finalizando as licitações para construir centros da família nos setores Santa Helena e Vale dos Sonhos. Iris Rezende ressaltou ainda que nos últimos meses o município conseguiu completar 191 equipes de Saúde da Família.

Em números globais, de acordo com os dados da prestação de contas, as consultas médicas realizadas no segundo quadrimestre chegaram a 282 mil pacientes e os atendimentos que integram o programa de saúde bucal alcançaram 32 mil pessoas. "O cenário expressa o nosso otimismo e empenho na busca por uma cidade cada vez melhor e uma saúde cada vez mais digna, que garanta o bem-estar de todas as famílias, em especial aquelas que mais precisam da ação do poder público", finalizou.

Thiago Araújo, Diretoria de Jornalismo