Estamos migrando o conteúdo dos antigos sites da Prefeitura. Se não encontrar o que está procurando, CLIQUE AQUI e acesse o site antigo.

VOLTAR para o site antigo.

BETA i

Planejamento Urbano

Goiânia lança novo sistema de videomonitoramento

No primeiro momento, 55 novas câmeras vão funcionar em pontos estratégicos da cidade. Perspectiva do município é implantar 500 novos equipamentos até o fim do ano

Publicado em: 05 de fevereiro de 2020 às 17:05 | última atualização: 06 de fevereiro de 2020 às 11:10

Com foco em garantir maior segurança e tranquilidade à população, a Prefeitura de Goiânia apresentou nesta quarta-feira, 05, o novo sistema de monitoramento por câmeras da capital. Nomeado de Video Gyn, o sistema conta, inicialmente, com 55 câmeras em oito pontos da cidade.

Os primeiros equipamentos já foram instalados na Rua do Lazer e nos dois becos que compõem a via, que foi recentemente revitalizada pelo poder público municipal. Ativadas há menos de uma semana, as câmeras já conseguiram impedir atos ilícitos no local.

"Desde que iniciaram a operação, as câmeras instaladas na região ajudaram a coibir tentativas de pichações e também o tráfico e o uso de drogas no espaço. Essas ações foram identificadas pelos técnicos do Centro de Monitoramento Integrado que acionaram a Guarda Civil Metropolitana para coibir ação", destacou o secretário municipal de Planejamento Urbano e Habitação, Henrique Alves.

Durante a apresentação, realizada no Salão Nobre do Paço Municipal, Henrique Alves explicou também que toda essa infraestrutura que esta sendo instalada na capital é fruto de parceria com a iniciativa privada a custo zero para os cofres do município.

"A instalação das câmeras é parte de um pacote de investimentos realizado por empresas de telefonia na capital, que só está sendo possível graças a mudança na legislação promovida em 2017 pelo Prefeito Iris Rezende e que deu maior agilidade e menor burocracia na implantação de antenas radio base na capital", ressaltou.

De acordo com o CEO da empresa DT do Brasil, Manolo Solsol, a parceira da Prefeitura de Goiânia na instalação dos equipamentos é o primeiro passo de tudo que está sendo pensado na área de tecnologia para a cidade.

"Goiânia hoje torna-se exemplo para outros vários municípios Brasil fora. É a primeira cidade a receber toda essa tecnologia a custo zero para a administração e nos próximos meses outros serviços serão disponibilizados para uso pela gestão em benefício da população e, com isso, em pouco tempo Goiânia se tornará uma Smart City", destacou.

Para o prefeito Iris Rezende este é mais um grande passo dado pela cidade na área de tecnologia o que demonstra que, mesmo tendo um prefeito nos altos dos seus 86, sabe da importância das inclusões tecnológicas na vida do cidadão.

"Tive a oportunidade de viver em uma época em que os únicos dois meios de comunicação eram o encontro pessoal e as cartas e, por isso, hoje sou um apaixonado em tudo o que se cria nessa área. Me realizo e sempre que tiver o poder nas mãos o colocarei a serviço do povo e de projetos dessa natureza que trazem facilidade para a vida das pessoas", disse durante o evento.

A perspectiva do município, conforme anunciado pelo prefeito Iris Rezende, é implantar até dezembro deste ano cerca de 500 câmeras. Os equipamentos serão instalados através de parcerias com empresas de telefonia.

Willian Assunção, da editoria de Planejamento Urbano e Habitação
Fotos: Jackson Rodrigues