Estamos migrando o conteúdo dos antigos sites da Prefeitura. Se não encontrar o que está procurando, CLIQUE AQUI e acesse o site antigo.

VOLTAR para o site antigo.

BETA i

Comunicação

Goiânia é reconhecida por aderir a programa que protege direitos dos idosos

Projeto do Ministério da Cidadania visa melhorar a convivência e evitar o isolamento das pessoas com mais de 60 anos

Publicado em: 20 de fevereiro de 2020 às 16:18 | última atualização: 20 de fevereiro de 2020 às 16:18

Representantes da Secretaria Municipal de Assistência Social de Goiânia (Semas) participaram, nesta quinta-feira (20/02), do Encontro de Gestores e Técnicos dos municípios goianos que aderiram à Estratégia Brasil Amigo da Pessoa Idosa (Ebapi). O evento discutiu a importância da participação no programa que visa melhorar a convivência e evitar o isolamento das pessoas com mais de 60 anos. 

A audiência ocorreu no Auditório da Faculdade de Odontologia da Universidade Federal de Goiás (UFG). Durante o evento, a assessora de Proteção à Pessoa Idosa de Goiânia, Maria José de Oliveira, recebeu uma placa de certificação em reconhecimento ao compromisso assumido pela gestão municipal ao aderir ao projeto. “Esta menção representa o trabalho permanente da Prefeitura de Goiânia em trazer benefícios para a saúde, bem-estar e qualidade de vida para as pessoas idosas", destacou.

Goiânia aderiu à EBAPI no ano passado. O próximo passo do projeto é a capacitação dos servidores do município. O curso, que será ministrado à distância pelo Ministério da Cidadania, trará o histórico da estratégia, as bases teóricas e os métodos que auxiliam na realização do diagnóstico e do plano municipal em defesa dos direitos das pessoas idosas. 

Cezar Lima, da editoria de Assistência Social