Estamos migrando o conteúdo dos antigos sites da Prefeitura. Se não encontrar o que está procurando, CLIQUE AQUI e acesse o site antigo.

VOLTAR para o site antigo.

BETA i

Educação

Educação premia melhores gestões educacionais

Solenidade do Prêmio Gestão Destaque foi realizada na noite de terça-feira (12/11), no Paço Municipal. Escolas e Cmeis contemplados ganharam de R$ 10 mil a R$ 20 mil

Publicado em: 13 de novembro de 2019 às 08:43 | última atualização: 13 de novembro de 2019 às 08:47

A Prefeitura de Goiânia, por meio da Secretaria Municipal de Educação e Esporte (SME), premiou na noite de terça-feira (12/11) as melhores gestões educacionais de escolas e Centros Municipais de Educação Infantil (Cmeis) com o Prêmio Gestão Destaque, iniciativa que visa reconhecer e prestigiar o bom gestor e a boa gestão educacional das instituições de ensino municipais.

Na solenidade, que foi realizada no Salão Nobre do Paço Municipal, o secretário de Educação e Esporte, Marcelo Costa, e o corpo diretivo da SME premiaram nove instituições de ensino, em primeiros, segundos e terceiros lugares, com valores que foram de R$ 10 mil a R$ 20 mil para cada unidade educacional contemplada, via recursos do Pafie, Programa de Autonomia Financeira da Instituição Educacional.

Ao anunciar a abertura da cerimônia, as superintendentes de Administração e Finanças e Pedagógica e de Esportes da SME, professoras Maria Aparecida Barbosa e Ampara Barros, discorreram, em conjunto, sobre quais foram os objetivos da premiação e os pilares para uma boa gestão administrativa e pedagógica das instituições de ensino municipais da capital.

“Consideramos as várias qualidades que fazem um bom gestor, e com isso salientamos como objetivos básicos a necessidade de reconhecer o trabalho, incentivar os esforços dos gestores das instituições e o trabalho da gestão estratégica. A necessidade de se estabelecer práticas de autodiagnóstico, planejamento e avaliação, capazes de possibilitar a melhoria da gestão administrativa e financeira na instituição educacional”, pontuaram as superintendentes.

O secretário de Educação ressaltou a importância do gestor e da equipe gestora de cada instituição. “Mais do que qualquer outra coisa que a SME possa fazer, nós temos plantado sementes. A nossa vontade é ressaltar a importância de cada um e cada uma no dia a dia da escola. A escola precisa ser tão boa para que ela, enquanto instituição, seja capaz de transformar o bairro em que ela está em ilha de excelência, em ilha de boas práticas. Tem que ser o lugar em que a comunidade respeite a instituição como um lugar transformador, que mudam as pessoas, que mudam o bairro, o Estado, o país”, disse.

O prêmio foi dividido em três categorias: escolas de tempo integral, escolas municipais e Cmeis. Na modalidade de tempo integral, a grande vencedora foi a EMTI Paulo Teixeira, seguida pela EMTI Alonso Dias e EMTI Maria Nosídia Palmeiras das Neves, respectivamente. Na modalidade de escolas de tempo regular, o primeiro lugar ficou com a EM Francisco Matias, localizada no Parque Anhanguera.

A diretora da unidade, Aleida Gonçalves, ressaltou que “é uma forma de reconhecimento do trabalho da equipe, que tem muita dedicação”. “Não podemos em nenhum momento esmorecer, e nos pequenos erros e desencontros procurar fazer o melhor e fazer melhor a cada dia, para que a escola seja um lugar de prazer para as crianças.” A unidade foi seguida pela EM Marília Carneiro Azevedo Dias e EM Coronel Getulino Artiaga.

Na categoria de Cmei, o terceiro lugar ficou com o Cmei Sara e Rebeca, o segundo com o Cmei Setor União e o primeiro com o Cmei Alegria de Aprender. A diretora vencedora, Rita Cássia Gontijo, demonstrou muita emoção com a premiação e vai aproveitar o dinheiro para reformar mais espaços da instituição. “A premiação é um momento de muita emoção e alegria, estão comigo aqui hoje nove pessoas, que muito me ajudam no Cmei, estamos em um processo de reformas e, com o dinheiro, vai dar para reformas mais agrupamentos ainda”, disse.

A classificação das gestões aconteceu em duas etapas: a primeira realizada por uma Comissão de Avaliação; já na segunda etapa, as finalistas foram avaliadas por uma banca examinadora. A avaliação foi concretizada em três dimensões do projeto gestão da instituição educacional inscrita: gestão estratégica e pedagógica, gestão administrativo-financeira e gestão orientada à aprendizagem.

Núbia Alves, da editoria de Educação e Esportes
Fotos: Eulices Maria