Estamos migrando o conteúdo dos antigos sites da Prefeitura. Se não encontrar o que está procurando, CLIQUE AQUI e acesse o site antigo.

VOLTAR para o site antigo.

BETA i

Educação

Educação é orientada sobre distribuição de livros didáticos

SME recebeu a visita de coordenador do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE)

Publicado em: 11 de março de 2020 às 15:39 | última atualização: 11 de março de 2020 às 15:39

A Secretaria Municipal de Educação e Esporte (SME) recebeu na manhã desta quarta-feira (11/3) a visita do coordenador de logística e distribuição do livro do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), Silvério Morais da Cruz e Milton da Silva Sitaro Filho, técnico do programa do livro. Ambos foram recebidos pela diretora pedagógica da SME Maria Rita de Paula, a gerente de projetos, Malú Gomes e Cíntia Camilo, representando a Undime Goiás. Após reunião, partiram para uma visita na Reserva Técnica da SME.

De acordo com o coordenador Silvério Morais da Cruz, essa visita tem cunho de orientação e esclarecimento das dúvidas que podem existir, tanto pelos gestores, quanto professores sobre a logística e a distribuição dos livros. “É preciso explorar todas as possibilidades de controle na distribuição dos livros, buscando melhorias para evoluirmos nessa questão de suma importância para a educação, é importante ressaltar a conscientização da devolução dos livros no fim do ano letivo”

A visita se estenderá por algumas unidades da rede municipal, onde representantes do FNDE e gestores da SME vão acompanhar de perto como está funcionando dentro das escolas e, assim, aproveitar esse momento para esclarecimentos e ressaltar o acesso ao Sistema Integrado de Monitoramento Execução e Controle do Ministério da Educação (Simec). Este é o portal operacional e de gestão do Ministério da Educação, em que gestores da escola podem acompanhar o trajeto dos livros até a sala de aula.

Os livros são enviados pelo MEC para as escolas de acordo com o censo escolar e as coleções são utilizadas no período de quatro anos. As reposições necessárias devem ser solicitadas pela direção da instituição. Durante a reunião, foi levantada a possibilidade de compartilhamento entre as escolas, um diálogo maior pelo bem da educação como um todo, ressaltando que os livros são da rede e por isso podem ser compartilhados entre as instituições.

A diretora pedagógica Maria Rita de Paula falou sobre a visita, que é de grande importância no sentido de trazer orientações para melhorar o atendimento dos educandos com relação aos livros do PNLD. “É uma oportunidade de pensar em possibilidades para melhorar as estratégias e otimizar as reservas nas escolas, que são necessárias, mas não devem ser muitas, a devolução dos livros e nos ajuda a pensar numa ação de rede melhor sobre como esse processo é executado nas instituições”, declarou Maria Rita.

Adriene Bastos, da editoria de Educação e Esporte
Foto: Eulices Maria