Estamos migrando o conteúdo dos antigos sites da Prefeitura. Se não encontrar o que está procurando, CLIQUE AQUI e acesse o site antigo.

VOLTAR para o site antigo.

BETA i

Finanças

Economia e Finanças firmam parceria por justiça fiscal

Convênio assinado nesta quarta-feira (30/10) visa compartilhar informações no combate a sonegação

Publicado em: 30 de outubro de 2019 às 11:48 | última atualização: 30 de outubro de 2019 às 11:48

A partir deste mês, a Secretaria de Economia do Governo do Estado e Secretaria de Finanças (Sefin) passam a atuar em conjunto no combate à sonegação fiscal. O convênio para intercâmbio de dados e realização de operações conjuntas de fiscalização tributária foi assinado nesta quarta-feira (30/10), no gabinete do prefeito Iris Rezende, com a presença dos secretários de Economia do Estado, Cristiane Schmidt; e de Finanças do Município, Alessandro Melo.

“É uma parceria para trocar informações fiscais, uma parceria importante para a gente continuar dando total transparência as contas públicas. O compartilhamento de informações visa continuar dando total transparência às contas públicas”, afirma Schmidt, sobre o aprimoramento do setor de inteligência fiscal.

Ambos, Estado e Prefeitura, terão acesso aos sistemas de informática e bancos de dados onde constam informações cadastrais, socioeconômicas, fiscais e patrimoniais; lançamentos fiscais e tributários; atos cartorários; operações realizadas com cartões de crédito e débito; pagamentos efetuados a fornecedores de bens e prestadores de serviço; dados referentes à cobrança e arrecadação, além de relatórios, documentos fiscais, consultas a Business Intelligence, comunicação via WebService.

“É uma questão de justiça fiscal, algo que a Prefeitura de Goiânia vem defendendo muito, que é quanto mais a gente aumentar a quantidade dos nossos contribuintes, a gente tem condições de discutir a diminuição da carga tributária”, avalia o secretário de Finanças de Goiânia, Alessandro Melo. A parceria inclui a prestação de assistência técnico-administrativa, apoio logístico, mútua capacitação profissional, elaboração e execução de plano de trabalho. O acordo terá vigência de 60 meses a partir da assinatura e publicação nos diários oficiais, mas pode ser prorrogado. 

O prefeito elogiou a disposição do governo em dialogar e destaca que a população agradece quando os agentes públicos estão engajados no que realmente importa. “Sempre busquei o trabalho em equipe, enalteço minha equipe a sempre trabalhar em conjunto e não é diferente com as instituições, que precisam estar sempre voltados ao interesse público”, elogiou.  

Antonio Bento, da Diretoria de Jornalismo
Foto: Hágabe Carvalho