Estamos migrando o conteúdo dos antigos sites da Prefeitura. Se não encontrar o que está procurando, CLIQUE AQUI e acesse o site antigo.

VOLTAR para o site antigo.

BETA i

Comunicação

Copa do Mundo SUB-17 tem início em Goiânia com quatro jogos

Gestão municipal montou esquema especial durante os jogos nas áreas da saúde, trânsito, segurança e turismo

Publicado em: 26 de outubro de 2019 às 08:05 | última atualização: 26 de outubro de 2019 às 08:37

O Brasil sedia a Copa do Mundo SUB-17 e Goiânia é uma das três cidades que recebem os jogos do campeonato. Já no primeiro dia de competição, que ocorre neste sábado (26/10), o Estádio Olímpico receberá dois jogos. Às 17 horas, Nigéria e Hungria abrem a competição, junto com Brasil e Canadá, que jogam no Estádio Bezerrão no Gama (DF). 

A partida de fundo no Olímpico será entre Equador e Austrália, às 20 horas. O torcedor que ainda não adquiriu os ingressos pode comprar nas bilheteiras do estádio. As entradas variam entre R$5 e R$40. 

No domingo (27)  é a vez do Serrinha receber uma partida entre a França e o Chile, às 17 horas. Já as equipes da Coreia do Sul e Haiti entram em campo às 20 horas. Lembrando que todas as rodadas de jogos em Goiânia são duplas e o torcedor só paga uma entrada. 

Base das seleções

Todas as delegações já estão há pelo menos uma semana na capital goiana, com exceção da Nigéria, que chegou na última terça-feira (23). Muitas realizaram treinos, coletivos, amistosos e reconhecimentos de gramado e já estão bem ambientadas ao clima da cidade. 

Os selecionados foram recepcionados pelo projeto “Goiânia bem receber”, da Agência de Eventos,Turismo e Lazer (Agetul), da Prefeitura de Goiânia, que mostrou um pouco da nossa cultura e potencialidades turísticas às delegações.

Foram organizadas apresentações de grupos de catira, violeiros, danças regionais, berranteiros e cantores. E até o final da Copa, no dia 17 de novembro, teremos eventos e atrativos voltados para os integrantes das delegações e turistas.

SMT, Guarda Civil e Saúde em alerta 

Nos dias de jogos, os agentes de trânsito vão estar presentes nas vias que circundam os dois estádios que receberão os jogos: Estádio Olímpico Pedro Ludovico Teixeira e Estádio da Serrinha. 

As proximidades dos hotéis que estão recebendo as oito delegações também estão monitoradas por agentes de trânsito, que também vão auxiliar a Polícia Militar e a Guarda Civil Metropolitana  nas escoltas das seleções dos hotéis para os estádios.

No Aeroporto de Goiânia, a SMT autorizou a reserva de área específica para parada dos veículos cadastrados para o apoio logístico das delegações e autoridades.

Cinco unidades de saúde municipais 24 horas serão pontos de suporte para os atendimentos que não necessitam de internação. Os Cais Campinas, Vila Nova, Novo Mundo, Chácara do Governador e o Crof foram escolhidos pela proximidade dos locais de jogos.

O Mundial

Na fórmula de disputa do torneio, são seis grupos com quatro times. Se classificam 16 seleções para as oitavas de final com os dois melhores de cada grupo, além de quatro times melhores terceiros colocados. Daí em diante, mata-mata nas oitavas, quartas, semis e final da competição, que será no dia 17 de novembro, no Estádio Bezerrão, em Brasília.

Veja abaixo os próximos jogos em Goiânia:

Terça-Feira (29/10) – Olímpico

Nigéria X Equador, 17 horas

Austrália X Hungria, 20 horas

Quarta-feira (30/10) – Serrinha

Coréia do Sul X França, 17 horas

Chile X Haiti, 20 horas

Sexta-feira (01/11) – Olímpico

Hungria X Equador, 17 horas

Angola X Brasil, 20 horas

Sábado (02/11) – Serrinha

Haiti X França, 17 horas

Holanda X Estados Unidos, 20 horas

Jogos nas fases finais

Terça-Feira (05/11) – Olímpico

2º colocado Grupo C x 2º colocado Grupo A, 16H30

3º colocado Grupos ACD x 1º colocado Grupo B, 20 H

Quarta-Feira (06/11) – Serrinha

2º colocado Grupo D x 1º colocado Grupo E, 16H30

3º colocado Grupos ABF x 1º colocado Grupo C, 20H

Segunda-Feira (11/11) – Olímpico

Venc. Jogo 5 Oitavas x Venc. Jogo 6 Oitavas,16H30

Venc. Jogo 7 Oitavas x Venc. Jogo 8 Oitavas, 20H

Luciano Joka, da Diretoria de Jornalismo