Estamos migrando o conteúdo dos antigos sites da Prefeitura. Se não encontrar o que está procurando, CLIQUE AQUI e acesse o site antigo.

VOLTAR para o site antigo.

BETA i

Meio Ambiente e Urbanização

Prefeitura reforça roçagem e limpeza em áreas públicas

Trabalhos são executados pela Companhia de Urbanização de Goiânia (Comurg)

Publicado em: 27 de janeiro de 2020 às 16:00 | última atualização: 27 de janeiro de 2020 às 16:00

Devido à chegada do período chuvoso, o crescimento da vegetação nas áreas urbanas da cidade ocorre em maior proporção. Para evitar qualquer tipo de dano à população, a Prefeitura de Goiânia reforça a roçagem e limpeza das praças, canteiros, rotatórias, córregos, entre-pistas e demais áreas públicas. Os trabalhos são executados pela Companhia de Urbanização de Goiânia (Comurg).

Com o auxílio de tratores e micro- tratores máquinas costal e manual, os trabalhadores da limpeza urbana já retiraram mato alto de áreas públicas de bairros como Guanabara, Urias Magalhães, Aruanã, Jardim Novo Mundo, Campinas, Morada Nova, Residencial Brisas do Cerrado, Parque Atheneu, Coimbra, Rodoviário, São José, dentre outros de todas as regiões da cidade. Nesta semana, a Comurg promove a limpeza nas áreas dos setores Petrópolis, São Francisco, Jardim Leblon, bairro Ipiranga, Sudoeste, Cidade Verde e Jardim Planalto. Outros setores das regiões Leste, Oeste e Noroeste também estão inclusos na programação.

Durante o serviço, é retirada a vegetação daninha pela raiz, com a intenção de conter o seu crescimento. Desse modo, é possível desobstruir os mecanismos de drenagem rápida de água da chuva. Além disso, o serviço aprimora o aproveitamento de espaços habitados na cidade, além de garantir o embelezamento das áreas públicas. Remover as matérias vegetais tidas como daninhas também ajuda a evitar que bocas de lobo, ramais e galerias ao redor do terreno fiquem entupidas.

O presidente da Companhia, Aristóteles de Paula, explica que com a umidade, o crescimento da vegetação nas vias públicas acontece em maior proporção, requerendo a realização de operações para o controle do problema. Segundo ele, a Companhia conta com um cronograma de atividades que beneficia todas as regiões da cidade.

Limpeza nos lotes particulares
Nas áreas particulares, o presidente Aristóteles de Paula, esclarece que a limpeza é responsabilidade do proprietário e quando não é realizada o mesmo é notificado e posteriormente autuado pela Agência Municipal do Meio Ambiente (Amma). O valor da autuação pode chegar a R$1.000,00 e os custos pela limpeza varia de R$ 0,67 a R$3.80 de acordo com o serviço e zona urbana.

Hacksa Oliveira, da editoria de Urbanização
Fotos:Luciano Magalhães