Estamos migrando o conteúdo dos antigos sites da Prefeitura. Se não encontrar o que está procurando, CLIQUE AQUI e acesse o site antigo.

VOLTAR para o site antigo.

BETA i

Habitação

Prefeitura avança na regularização do Residencial JK

Secretaria Municipal de Planejamento Urbano e Habitação (Seplanh) encaminhou na última sexta-feira, 3/1, ofício à Enel requerendo a instalação de padrões de energia no loteamento

Publicado em: 06 de janeiro de 2020 às 17:51 | última atualização: 06 de janeiro de 2020 às 17:51

A Secretaria Municipal de Planejamento Urbano e Habitação (Seplanh) encaminhou na última sexta-feira, 06/01, ofício à Enel Distribuição Goiás requerendo a instalação de padrões de energia no Residencial Juscelino Kubitschek, conhecido como Residencial JK, localizado na região Noroeste de Goiânia. A solicitação faz parte dos trabalhos executados pela Prefeitura de Goiânia com o intuito de promover a regularização do setor.

De acordo com o expediente encaminhado à empresa, 61 imóveis localizados nas Ruas JK1, JK2, JK11 e Avenida Noroeste deverão receber o equipamento, que fará com que os moradores tenham acesso regular ao fornecimento de energia elétrica. “Os técnicos da Prefeitura de Goiânia estão trabalhando nos processos de regularização fundiária do Residencial JK, que é um loteamento privado e que teve parte das áreas públicas ocupadas por famílias carentes. Queremos resolver essa situação, definindo o que pode ser regularizado pelo município para que, assim, os moradores possam ter acesso às escrituras e demais benefícios de infraestrutura, como saneamento básico”, afirma o secretário municipal de Planejamento Urbano e Habitação, Henrique Alves.

Para o presidente da Associação de Moradores do Residencial JK, Welitom Pereira, conhecido como Eltinho JK, essa é mais uma conquista da famílias residentes no setor e que há muito esperavam por esse serviço. “Essa é uma luta que antiga nossa. A instalação dos padrões já é um grande avanço pois grande parte das ligações de energia no setor são clandestinas e com essa solicitação da Prefeitura de Goiânia à Enel essa situação poderá ser regularizada até a finalização do processo de regularização fundiária do setor”, afirma.

A regularização fundiária do Residencial JK é um dos processos analisados pelo Grupo Executivo de Regularização Fundiária da Prefeitura de Goiânia, instituído em 2017 por decreto do Prefeito Iris Rezende e que tem por objetivo analisar processos e pedidos de regularização fundiária de imóveis de responsabilidade do município. A análise de processos pelo grupo é uma das etapas do Programa Primeira Escritura, lançado em 2019 pela Prefeitura de Goiânia sob coordenação da Seplanh Goiânia, e que deve regularizar e entregar escrituras à cerca de oito mil famílias da capital até dezembro de 2020.

Willian Assunção, da editoria de Planejamento Urbano e Habitação