Estamos migrando o conteúdo dos antigos sites da Prefeitura. Se não encontrar o que está procurando, CLIQUE AQUI e acesse o site antigo.

VOLTAR para o site antigo.

BETA i

Mulher

Prefeitura apoia lançamento do Bosque dos Anjos

Espaço será um memorial à saudade de famílias que perderam os bebês prematuramente

Publicado em: 29 de novembro de 2019 às 13:41 | última atualização: 29 de novembro de 2019 às 14:46

Prefeitura de Goiânia, por meio das secretarias municipais da Mulher, de Assistência Social, Infraestrutura e da Agência Municipal de Meio Ambiente, apoia o lançamento do Bosque dos Anjos – um memorial em respeito a mães e pais que vivenciaram lutos gestacionais, neonatais e infantis, em homenagem aos filhos que faleceram. O lançamento será realizado neste domingo (1/12) às 9h, no Parque Nova Esperança, localizado na Avenida Central, 1829, no Jardim Nova Esperança.

O espaço tem como objetivo promover encontro de pais enlutados, que desejem compartilhar experiências e prestar homenagem aos filhos falecidos, dar visibilidade ao luto parental, proporcionar um espaço onde os pais e mães enlutados prestem homenagem aos filhos.

Na ocasião, famílias que perderam os bebês prematuramente, irão plantar mudas de árvores representando simbolicamente a perda dos filhos. A ação é uma iniciativa de “Projeto Amor no Céu”, do “Projeto Acolhedor” e da ONG Ágora. Durante o evento será distribuídos material informativo sobre luto parental.

Saiba mais
No dia 15 de outubro, o prefeito Iris Rezende sancionou a Lei Gregório, de autoria do vereador Andrey Azeredo, que institui no calendário oficial de Goiânia a Semana de Sensibilização à Perda Gestacional, Neonatal e Infantil. A data é considerada como o Dia de Conscientização sobre Perda Gestacional e Infantil em outros países como. A “Lei Gregório” recebeu esse nome em homenagem ao filho de um casal goiano, Sherloma e Felipe Aires,  que viveu apenas três dias. Os dois foram os entusiastas da ideia.

A Prefeitura de Goiânia realiza trabalho de apoio psicológico aos pais atendidos na rede municipal de saúde que perdem seus filhos precocemente. Psicólogos trabalham diuturnamente nas maternidades administradas pelo Município, a exemplo da Maternidade Dona Iris. A Prefeitura desenvolve ainda, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas) e em parceria com o governo federal, o Programa Criança Feliz que, inclui acompanhamento de gestantes.

Roberta Amorelli, da Secretaria da Mulher